Aviso: RigorTático em Manutenção      

Maurício não será punido desportivamente assegura Leonardo Jardim


Leonardo Jardim assegurou esta tarde em conferência de imprensa que o "caso Maurício" será encerrado com uma multa e sem qualquer penalização desportiva. O defesa-central brasileiro, recorde-se, foi apanhado pela polícia a conduzir com taxa de álcool acima do permitido pela lei, na madrugada de domingo, no Porto.
Na antevisão ao jogo de sábado com o Rio Ave, o técnico do Sporting deixou clara a vontade de utilizar o central brasileiro em Vila do Conde. 
"Eric [Dier] tem sido uma das soluções, ele ou o Semedo vão jogar [no lugar de Marcos Rojo, castigado]. E o Maurício continuará a jogar" Sobre a situação que foi pública, Leonardo Jardim, esclarecendo a situação do brasileiro: "O jogador foi apanhado fora da hora limite por uma hora. A taxa de álcool foi de 0.54, logo não estava embriagado, como foi notícia. Ele retratou no dia seguinte, ligou-me logo e falou pela manhã. Expliquei quais as normas, ele expôs a sua posição e multamos consoante o regulamento, mas desportivamente não vamos tirá-lo do jogo. O acontecimento não o merece", afirmou o treinador leonino.
Perante a insistência dos jornalistas, Jardim prosseguiu o seu raciocínio sobre a situação do defesa do central brasileiro "O Maurício não esteve nem uma hora fora do regulamento. É uma situação normal. Se todos os jogadores portugueses fossem vistoriados àquela hora haveria mais Maurícios naquela situação. Os jogadores não tomam álcool para se embriagarem. Duas cervejas são suficientes para se atingir aquele valor. Não vale a pena empolgar para outra dimensão".

ACOMPANHE TODOS OS RESULTADOS E ESTATÍSTICAS MINUTO A MINUTO E REVEJA AS SUAS APOSTAS - Livescore by: futebol.com