Aviso: RigorTático em Manutenção      

Fabregas esclarece porque que não foi para o Arsenal


Cesc Fabregas admitiu mágoa com torcedores durante a disputa da Copa das Confederações do ano passado (Getty Images)Cesc Fàbregas esteve este domingo em conferência de imprensa da seleção espanhola e respondeu a todas as duvidas, dizendo que estava pronto para sair do Barcelona: "Quando decidi que o meu tempo no Barcelona tinha acabado, olhei para as melhores opções que se colocavam para a minha carreira". O Internacional espanhol afirma que o primeiro clube no qual pensou ingressar foi no Arsenal, mas a presença de Ozil nos gunners afastou-o do Emirates Stadium. "O Arsenal foi a minha primeira opção, por razões contratuais. Havia uma cláusula que lhes dava direito de opção numa saída do Barcelona." médio continuou a dizer "Falei com Arsène Wenger e ele disse-me que o meu espaço na equipa estava bem preenchido pelo Mesut Ozil e que seria muito difícil encontrar um espaço para os dois na equipa." 
Ora Fabregas tinha desejo de voltar a jogar na Premier League e não teve outra maneira se não olhar para outras soluções, e aí o Chelsea foi muito convincente: "Eu queria voltar à liga inglesa e tive de ver quais é que era as minhas outras opções depois da recusa do Arsenal. Tive ofertas muito boas das opções mais lógicas. Mas depois falei com José Mourinho e ele disse-me claramente que me queria lá no Chelsea", referiu.
Pois bem, a conversa com José Mourinho ajudou rapidamente Fàbregas a definir o seu futuro:"Ele convenceu-me muito, muito rapidamente. Ele disse-me tudo o que eu queria ouvir. Ele conquistou-me e convenceu-me. Foi tudo muito rápido. Estou muito contente, muito satisfeito e acredito que tudo vai correr maravilhosamente bem." disse o ex-futebolista do Barcelona.

ACOMPANHE TODOS OS RESULTADOS E ESTATÍSTICAS MINUTO A MINUTO E REVEJA AS SUAS APOSTAS - Livescore by: futebol.com