Aviso: RigorTático em Manutenção      

Everton aproveita empate do Tottenham, Man.Utd perde; Valencia surpreende Barcelona; Monaco empata com Lorient ; Leverkusen sofre para vencer Stuttgart e Hannover vence Borussia M'gladbach; Em Italia Udinese ganha, Fiorentina perde, Euro Futsal: Portugal e Rússia empatam



Stoke bate Manchester United 30 anos depoisInglaterra: O Everton venceu em quinze minutos e subiu ao quinto lugar passando o Tottenham que não foi além de um empate  na deslocação ao terreno do Hull City enquanto o Manchester United foi derrotado pelo Stoke City por 2-1.  Em Goodison Park, o Everton reagiu da melhor forma à goleada sofrida a meio da semana no derby de Liverpool com uma vitória, este sábado, na receção ao Aston Villa por 2-1. Foi uma vitória arrancada a ferros, graças a dois golos no quarto de hora de final. O jovem holandês Leandro Bacuna, aos 34 minutos até pôs o Aston Villa na frente mas Steven Naismith, a 16 minutos dos 90, restabeleceu a igualdade, pertencendo a Kevin Mirallas, aos 85 minutos, o golo que garantiu a vitória. Assim, o Everton está agora com 45 pontos, passando o Tottenham na tabela classificativa. Por seu lado, o Aston Villa está na décima posição com 28 pontos. O Hull City mantéu a sua 13ª posição no campeonato depois de empatar em casa com Tottenham,  que desceu para o sexto lugar. No Kingston Communications Stadium, o Hull City esteve a vencer depois de Shane Long ter inaugurado o marcador aos 12 minutos. No entanto, os spurs conseguiram restabelecer a igualdade na segunda parte, com Paulinho a faturar ao minuto 61. Já o Manchester United, na deslocação ao reduto do Stoke City, perdeu por 2-1. A equipa de David Moyes continua a sentir dificuldades para somar duas vitórias consecutivas e após 24 jornadas soma "apenas" 40 pontos, a 13 do líder Manchester City, com um jogo a menos. Mesmo com um "onze" recheado de estrelas, no qual os red devils colocaram pela primeira vez juntos os avançados Wayne Rooney, Van Persie e Juan Mata (contratado em janeiro por uma verba recorde para o clube de Manchester), não  foram capazes de confirmar o favoritismo frente a uma equipa que luta pela manutenção. Charlie Adam colocou os da casa a vencer por 1-0 antes do intervalo, Robin van Persie restabeleceu o empate no começo da segunda parte, mas o mesmo Charlie Adam bisou e obrigou os red-devils a somarem a oitava derrota na Premier League. Desta forma, o Stoke City, agora com 25 pontos, abandona os lugares de despromoção, enquanto o Manchester United é o sétimo classificado com 40 pontos. Nos outros encontros, disputados à mesma hora, o Cardiff venceu o Norwich por 2x1, enquanto o Fulham perdeu em casa com o Southampton por 3x0.

França: Com Radamel Falcao lesionado por um longo período de tempo e ainda sem o reforço Dimitar Berbatov, o Mónaco tudo fez para vencer o Lorient mas encontrou uma equipa empenhada em complicar-lhe as contas e acabou empatado. O PSG aproveitou assim para ganhar dois pontos aos monegascos, depois de ontem ter levado a melhor sobre o Bordéus (2-0), no Parque dos Príncipes. A jogar fora de casa, o Monaco, que contou na equipa inicial com João Moutinho, viu-se logo em desvantagem aos 12 minutos com Aboubakar de cabeça  a bater o guarda-redes Danijel Subasic e inaugurar o marcador para o Lorient que jogou  com Raphael Guerreiro a titular. Ainda antes do intervalo, precisamente aos 41 minutos,  a formação orientada por Claudio Ranieri, chegou à igualdade com bom remate de fora da área de Valère Germain, com a bola ainda a bateu no poste antes de entrar. Na segunda parte, o Lorient de forma descontraída, sem grande oposição, voltou a colocar-se na frente do marcado aos 73 minutos, numa jogada de insistência, no ataque, com Aliadiere a não facilitar. O resultado final apenas seria estabelecido a três minutos dos 90, com Layvin Kurzawa, após assistência de Lucas Ocampos, a bater o guarda-redes Florent Chaigneau. Com este resultado, o Monaco mantém a vice-liderança com 49 pontos, a cinco do líder PSG, ao passo que o Lorient, com 32 pontos, mantém a décima posição.

Espanha: O Valencia surpreendeu e venceu o Barcelona, em jogo da 22ª jornada da Liga espanhola, no Camp Nou. A formação de Ricardo Costa, Ruben Vezo e João Pereira regressa assim aos triunfos depois de ter estado três jornadas sem vencer. Já o Barça não perdia em casa, para a Liga, há 31 jogos - a última vez foi frente ao Real Madrid, a 21 de abril de 2012. A formação orientada por Gerardo Martino chegou cedo à vantagem, através de canto marcado de maneira curta, com a bola a chegar a  Aléxis Sánchez que a com um remate de ângulo apertado inaugurou o marcador aos sete minutos. Mas, quase no final da primeira parte, sem ter tido muitas ocasiões para empatar, a verdade é que o Valencia chegou ao empate, com Dani Parejo a bater Victor Valdés, isto depois de Ricardo Costa ter falhado um golo feito. Na segunda parte, motivados pelo golo que marcaram antes do intervalo, os comandados de Juan Antonio Pizzi, deram a cambalhota no marcador aos 47 minutos, com Barragán a centrar da direita e Piatti a cabecar, fazendo a bola passar por cima de Valdés. O Barcelona ainda conseguiu chegar à igualdade, com Lionel Messi a marcar de grande penalidade aos 54 minutos. O árbitro considerou que houve mão de Ricardo Costa, que viu o cartão amarelo.  O Valencia chegou mesmo ao golo que viria a garantir a conquista dos três pontos ao minuto 59. Através  de um lançamento de linha lateral, Feghouli entrou na área catalã pelo lado direito, cruzou para o centro e a defesa catalã ficou a ver o a equipa visitante apontar o seu terceiro golo. Até ao final, o Barcelona ainda jogou os últimos 12 minuto reduzido a dez elementos depois da expulsão de Jordi Alba, aos 78 minutos - viu o segundo cartão amarelo. Fazendo as contas, os campeões espanhóis podem perder a liderança e cair para o terceiro lugar, uma vez que continua com 54 pontos, os mesmos que o Atlético de Madrid que nesta 22 jornada vai medir forças com a Real Sociedad, e com mais um do que o Real Madrid, que ainda vai jogar frente ao Athletic Bilbao. Por seu lado, o Valencia, que neste encontro contou com Ricardo Costa no 11 inicial, enquanto Rúben Vezo foi suplente não utilizado e João Pereira não foi opção para Pizzi. , subiu ao oitavo lugar e soma 28 pontos.

Heung Min Son holds off Antonio RuedigerAlemanha:  O Bayer Leverkusen, segundo classificado da Bundesliga, reduziu provisoriamente para dez pontos a distância que o separa do Bayern Munchen, líder da classificação, depois de vencer o Stuttgart por 2-1. A equipa anfitriã esteve a perder, na sequência do golo marcado pelo médio Moritz Leitner, aos 12 minutos, e, apesar de ter respondido rapidamente com o golo do empate, concretizado pelo avançado Stefan Kiessling, aos 26', só consumou a reviravolta perto do fim, aos 84', por intermédio do suplente Eren Derdiyok. Com este resultado, o Bayer Leverkusen é segundo classificado com 40 pontos, enquanto o Stuttgart está na segunda metade da tabela classificativa com apenas 19 pontos.
À mesma hora,  O Schalke 04, também não vacilou, e subiu à ao quarto lugar, ultrapassando o Borussia M'gladbach, apesar de ter igualmente encontrado muita resistência por parte do Wolfsburgo, sexto da tabela classificativa, Felipe Santana e Kevin-Prince Boateng marcaram os golos da turma de Gelsenkirchen, enquanto Maximilian Arnold apontou o tento de honra dos forasteiros.
Ultimo jogo de hoje Hannover recebeu e venceu o Borussia M'gladbach por 3-1. A jogar em casa, a formação orientada por Tayfun Korkut conseguiu levar a melhor sobre o adversário, embora os golos apenas tenham surgido no decorrer da segunda parte. Artom Rudnevs, aos 57 minutos, inaugurou o marcador, Mame Diouf ampliou a vantagem para 2-0 a oito minutos dos 90, o Borussia M'gladbach ainda conseguiu reduzir por intermédio de Peniel Mlapa, mas o resultado final de 3-1 foi estabelecido por Mame Diouf, que bisou em período de compensação. Com este resultado, o Hannover soma 24 pontos e está na décima posição, enquanto o Borussia M'gladbach desceu do quarto para o quinto lugar, tendo sido ultrapassado pelo Schalke 04.
Nos outros jogos realizados este sábado, o Werder Bremen esteve a ganhar no reduto do Augsburgo, mas acabou derrotado por 3-1, enquanto Mainz e Hoffenheim conquistaram importantes vitórias caseiras, frente ao Friburgo (2-0) e Hamburgo (3-0), respetivamente.

Anderson Cagliari Fiorentina Serie A 02012014Itália:  Nos dois jogos que marcam o arranque da 22ª jornada do campeonato italiano, o grande destaque vai para o desaire da formação Viola.
A Fiorentina, que segue no quarto lugar do campeonato, não conseguiu pontuar na deslocação ao terreno do Cagliari, que venceu graças a uma grande penalidade convertida por Pinilla.
O médio português Bruno Fernandes foi titular na vitória da Udinese por 2-0 em casa do Bolonha, numa partida da jornada 22 da Serie A, resultado que vale uma importante subida ao 14.º posto, agora com 23 pontos. O inevitável Di Natale marou o primeiro e, já no período de compensação, o jovem Nicolas López selou o resultado final. Curiosamente, Fernandes saiu aos 66', dando lugar ao autor do segundo golo da turma de Udinese.

Cardinal ficou em branco (foto D.R.)Futsal: Portugal empatou a quatro golos com a Rússia, em partida a contar para a segunda jornada do grupo B do Campeonato da Europa, e apurou-se para os quartos-de-final no segundo lugar, atrás do adversário deste sábado. Numa partida equilibrada, os golos apenas surgiram no decorrer da segunda parte e houve constantes alterações no marcador. A primeira seleção a marcar foi Portugal, com Ricardinho a abrir o ativo. No entanto, segundos depois, Abramov restabeleceu o empate para a Rússia, que passou para a frente do marcador graças a um golo de Pereverzev. A perder por 2-1, Portugal chegou ao empate por intermédio de Gonçalo Alves, mas voltou a estar em desvantagem quando Eder Lima colocou novamente a Rússia a vencer por 3-2. Ainda assim, os comandados de Jorge Braz conseguiram marcar dois golos consecutivos e puseram-se a vencer por 4x3, com golos de Fukin, na própria baliza, e Gonçalo Alves. Mas a vitória iria escapar à seleção portuguesa, com Eder Lima a bisar e a estabelecer o resultado final de 4-4.
Com este resultado, Portugal termina o grupo B com 4 pontos, os mesmos da Rússia, mas no segundo lugar devido aos golos marcados. A seleção das quinas vai assim defrontar nos quartos de final Ucrânia ou Bélgica, que se defrontam em partida do grupo A

ACOMPANHE TODOS OS RESULTADOS E ESTATÍSTICAS MINUTO A MINUTO E REVEJA AS SUAS APOSTAS - Livescore by: futebol.com