Aviso: RigorTático em Manutenção      

LIGA EUROPA: FC Porto complicou aquilo que parecia resolvido



Golo 44m Quaresma 1-0
Golo 68m Varela 2-0










O FC Porto cedeu um empate 2-2 na recepção ao Eintracht Frankfurt, em partida relativa à primeira mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League.  O campeão português parecia a caminho de um triunfo confortável quando ganhou uma vantagem de dois golos, obtida através de Ricardo Quaresma (44') e Silvestre Varela (68'), mas o visitante alemão logrou empatar no espaço de cinco minutos (72 e 77), através de Joselu e de um autogolo de Alex Sandro.
Na primeira parte duas equipas escolheram a mesma arma na abordagem à partida do Estádio do Dragão, com a pressão intensa a meio-campo a tapar o caminho das respectivas balizas. Esse cenário fez com que fosse preciso esperar pelo minuto 11 para se assistir ao primeiro momento de desequilíbrio, com Josué atirar forte de pé esquerdo, mas por cima da barra. O FC Porto mostrava-se sempre perigoso quando conseguia imprimir velocidade ao seu jogo e Quaresma errou por pouco o alvo aos 20 minutos. Os visitantes denotavam dificuldades na definição ofensiva, mas Sebastian Rode protagonizou uma boa arrancada na direita, aos 26 minutos, e rematou fraco à figura de Helton. O golo portista surgiu mesmo a um minuto do intervalo. Quaresma roubou o esférico a Rode no lado esquerdo do ataque portista e, depois de tirar outro adversário da frente, desferiu um portentoso remate ao poste mais distante, com a bola ainda a embater no ferro antes de bater o siderado Kevin Trapp.
O Eintracht regressou dos balneários com a forte disposição de correr atrás do prejuízo e Joselu obrigou, de cabeça, Helton a uma atenta defesa aos 51 minutos, Marco Russ  logo depois colocado à prova da mesma forma o guardião brasileiro. No entanto o 2-0 não tardou muito. Quaresma cobrou um livre na direita e proporcionou o desvio de cabeça de Jackson, com Maicon a aparecer ao segundo poste e a oferecer uma finalização fácil a Varela. Os forasteiros pareciam fora de combate, mas Joselu tratou de os colocar novamente de pé quatro minutos volvidos, batendo Helton com um remate colocado de pé direito, à entrada da área. Motivados e impulsionados pelos seus entusiásticos adeptos, os alemães não se ficaram por aí e restabeleceram mesmo o empate passados cinco minutos, com Alex Sandro a fazer autogolo quando tentava aliviar um primeiro remate de Russ que Helton havia defendido.
A festa pertencia aos cerca de 4 mil adeptos alemães que fizeram questão de marcar presença no Estádio do Dragão e até ao final o resultado não se alterou, pelo que o FC Porto está obrigado a marcar golos na Alemanha para conseguir garantir o passaporte para os oitavos-de-final da Liga Europa. E mais uma vez, os azuis e brancos, sob o comando de Paulo Fonseca, não conseguiram ganhar em casa para as competições europeias.

ACOMPANHE TODOS OS RESULTADOS E ESTATÍSTICAS MINUTO A MINUTO E REVEJA AS SUAS APOSTAS - Livescore by: futebol.com