Aviso: RigorTático em Manutenção      

Silvestre Varela Inspirado ajuda o FC Porto assegurar o segundo Lugar


FC Porto vence Gil Vicente com segurança, apesar da margem mínima
FC Porto recolocou-se hoje no segundo lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer por 2-1 no reduto do Gil Vicente, graças a um "bis" de Silvestre Varela, em encontro da 19.ª jornada.7
A primeira parte pertenceu quase por completo aos "dragões" pelo que a vantagem por um golo ao intervalo era muito lisonjeira para um Gil Vicente que nunca conseguiu soltar-se do dominio "asfixiante" do meio campo portista. O FC Porto lançou-se ao ataque desde e o primeiro surgiu aos 18’, um golo de cabeça de Varela após passe de Herrera. Até ao final da partida a formação orientada por Paulo Fonseca teve varias oportunidade de aumentar a sua vantagem com remates de Josué (22) e Danilo (24), mas Adriano Facchini com duas excelentes defesas, impediu que o resultado se avolumasse  Em contra corrente, contudo, aos 31 minutos o Gil Vicente criou o seu primeiro lance de perigo. Luís Martins cobrou rapidamente um livre, apanhando o FC Porto desprevenido e isolando Brito, que, descaído sobre a direita e só com Helton pela frente, rematou por entre as pernas do guarda-redes, mas Abdoulaye impediu o golo em cima da linha de baliza  Já segunda parte, aos 53 minutos, Varela após uma corrida isolada rematou para segundo golo portista.  No entanto a vantagem de dois golos duraria pouco tempo, porque dois minutos depois a turma de Barcelos reduziu, por Hugo Vieira, que, à entrada da pequena área, deu o melhor seguimento a uma assistência de Diogo Viana, da direita. Apesar do golo sofrido, os tricampeões nacionais não baixaram os ataques à baliza do Gil Vicente e seguraram a vitória. Com este resultado, os portistas chegam aos 42 pontos e continuam na vice-liderança da tabela. Já o Gil Vicente, que somou o 15.º jogo sem vencer em todas as competições, segue com 19 pontos.

ACOMPANHE TODOS OS RESULTADOS E ESTATÍSTICAS MINUTO A MINUTO E REVEJA AS SUAS APOSTAS - Livescore by: futebol.com